← Back to portfolio

Convênio odontológico: entenda como funciona

Published on 1st August 2018

Ter um sorriso bonito faz bem tanto para a autoestima como para a saúde. E para manter a saúde bucal, visitar um dentista regularmente, com intervalos de seis meses entre cada consulta, é fundamental.

Porém, algumas pessoas não conseguem manter essa frequência de consultas devido aos custos envolvidos em um atendimento particular. Nesses casos, a melhor opção é o convênio odontológico.

Assim como nos planos médicos, muito utilizados no país, nos convênios odontológicos os clientes pagam mensalidades e têm acesso a uma ampla rede de atendimento especializado em saúde bucal. Serviços como limpeza, obturações, extrações, colocação e manutenção de aparelhos ortodônticos e exames são alguns exemplos dos atendimentos oferecidos.

Quer saber mais sobre como funcionam os convênios odontológicos? Continue a leitura deste artigo!

Existem carências no convênio odontológico?

Tanto nos planos médicos como nos odontológicos pode existir a carência. Ela é o prazo previsto em contrato no qual, apesar da mensalidade ser corretamente paga pelo cliente, ainda não há a cobertura de alguns serviços.

Os prazos de carência variam conforme a operadora e até mesmo de um plano para o outro dentro da mesma empresa de saúde. O mais comum no convênio odontológico é o prazo de 24 horas de carência após a assinatura do contrato e pagamento do primeiro boleto para ter acesso aos atendimentos de urgência e emergência.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão governamental responsável por fiscalizar esses prazos junto às operadoras dos planos odontológicos. Garantindo que as carências não sejam abusivas para o consumidor.

Como faço para encontrar um profissional na rede credenciada?

A rede credenciada é a lista de profissionais, consultórios e clínicas parceiras das operadoras de saúde e que estão à disposição para prestar atendimento a você, cliente do convênio odontológico.

Encontrar um profissional na rede credenciada é muito simples. Basta acessar alguma dessas fontes de informação:

  • site da sua operadora de saúde;
  • central de atendimento telefônico;
  • aplicativo da operadora para celular;
  • livreto físico ou digital do convênio.

De todas essas formas você pode acessar a lista completa de prestadores parceiros da operadora do seu plano para agendar sua consulta ou exame. A lista costuma ser organizada por estado, cidade e especialidade, facilitando a busca por profissionais.

Tenho que pagar algo além da mensalidade?

Ter ou não que pagar algum valor a mais do que a mensalidade do convênio odontológico depende de cada contrato. Isso porque alguns planos possuem coparticipação, que é a cobrança de um valor pequeno referente a cada procedimento realizado no plano.

Essa cobrança, quando existir, deve estar presente de forma explícita no contrato do convênio odontológico. Portanto, fique atento ao assinar a compra do serviço para não ter surpresas.

Fique atento também se o seu plano oferece a opção de reembolso de consultas, caso sejam realizadas em prestadores não cadastrados na rede credenciada do plano.

Ter um convênio odontológico é um investimento de baixo custo que traz inúmeros benefícios para a sua saúde bucal e, claro, para a beleza do seu sorriso!

Quer saber mais sobre como manter sua saúde bucal? Então, siga-nos no Facebook e Instagram para ficar por dentro de todas as dicas!

*HIPERLINKS FORAM ADICIONADOS APÓS O LANÇAMENTO DO BLOG DO CLIENTE.